Cheguei em Miami em busca de sol, mas encontrei um frio intenso


Miami, nesta época do ano, é conhecida por ter temperaturas amenas. Podendo esfriar, mas na maioria dos dias faz calor. É possível ir à praia e curtir o clima delicioso que da cidade. E me programei para essa situação. Mas o inverno, neste ano, está sendo rigoroso nos Estados Unidos e a Flórida não escapou.

Uma massa de ar polar levou nevascas para a América do Norte. As festas de fim de ano e os primeiros dias de 2018 estavam com temperatura abaixo de zero em boa parte do país. Nem a Flórida, o estado mais ensolarado dos Estados Unidos, escapou: chegou a nevar em algumas cidades do norte. O fenômeno não acontecia, com essa intensidade, desde 1989.

Apesar de tudo isso, as ruas estavam cheias. Cruzei com muitos brasileiros agasalhados que reclamavam muito. Todos estavam a procura daquele clima sempre fresco e ensolarado de Miami.

Conseguimos ir à praia assim que chegamos, mas os dias seguintes foram de muito frio. E foi preciso adaptação: nos agasalhar bastante e fazer programas em ambientes fechados, porque o vento é forte e gelado. Passear na Lincoln Road, por exemplo, uma rua repleta de cafés, restaurantes e lojas interessantes, ficou, durante esses dias, bem desagradável.

Mas, ainda bem, Miami é uma cidade preparada para os turistas e possui museus, shoppings, além de restaurantes maravilhosos que preenchem nosso tempo.
Um passeio imperdível é ir ao Museu de Ciência Phillip e Patricia Frost. Inaugurado em maio de 2017, trata-se de um complexo de cinco andares no centro da cidade. É o mais sofisticado e interessante da Flórida. Possui um planetário de última geração, três aquários com arraias, tubarões e peixes diversos. No local também tem o “MeetLab”, laboratório interativo que ensina de forma divertida sobre o corpo humano, e a “Brain”, exposição destinada ao cérebro. Além de outros shows e atrações.

Para quem gosta de games, crianças ou adultos, um passeio interessante é ir ao Arcade Odyssey. Um lugar destinado aos amantes de jogos, possui vários títulos atuais e inovadores, mas o divertido são as várias máquinas que faziam sucesso nos anos 1980, como Pac Man e Pinball.

sol aparecendo e o frio dando trégua nos permitiu uma visita ao famoso Design District, área diferente do convencional de Miami. O antigo subúrbio era uma região desvalorizada e sem grandes atrativos. Hoje, reúne galerias de arte e decoração, lojas de estilistas renomados, além de ótimos bares e restaurantes. Se tornando uma zona de grande valor para a cidade.

Miami oferece ainda uma infinidade de centros comerciais, como o Bal Harbour e Aventura Mall, que fazem a alegria dos brasileiros. Nesses dias frios, ambos estavam muito cheios. São lugares com boas lojas.

Fonte: Metrópole


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Deixei seu comentário