‘O outro lado do paraíso’: Clara poderá ser presa por roubo


'O outro lado do paraíso': Bianca Bin é Clara (Foto: TV Globo)

Clara (Bianca Bin) correrá o risco de ser presa nos próximos capítulos de “O outro lado do paraíso”. Tudo começará quando Renato (Rafael Cardoso) descobrir que a mocinha ficou rica após vender os quadros de Beatriz (Nathalia Timberg). O médico vai procurar Fabiana (Fernanda Rodrigues) e se aliará a ela. Os dois, inclusive, se casarão e, juntos, irão atrás da neta de Josafá (Lima Duarte).

Quando chegar à casa da rival acompanhada do marido, a prima de Patrick (Thiago Fragoso) logo atacará a milionária:

– Vejo que está muito bem instalada. Que luxo. Tudo isso aqui é meu. Vim buscar o que me pertence.

– Que conversa é essa? Tudo o que está aqui é meu – responderá Clara.

– Não me venha com essa. Descobri tudo o que fez, Clara. Você roubou as telas que herdei de minha avó. Provavelmente ajudada pelo Patrick.

A moça explicará que as pinturas foram doadas por Beatriz. Ela se mostrará surpresa com a parceria de Renato e Fabiana.

– Nós nos conhecemos recentemente. E casamos – revelará ele.

– Não conseguiu se casar comigo, arrumou outra para dar o golpe? – perguntará Clara.

Renato não deixará barato:

– Roubou três telas de pintores importantes da casa da Fabiana. Vendeu as telas pra uma galeria no exterior, ajudada pelo Patrick. E voltou milionária, pra se vingar. Eu desconfiava de muita coisa, mas ia fechar os olhos se tivesse casado comigo. Você me abandonou no altar, Clara. Me humilhou.

Fabiana, então, apresentará uma proposta:

– Eu descobri no mercado internacional por quanto vendeu. 125 milhões de dólares. Mas podemos entrar em acordo. Você me devolve cem milhões.

Patrick, que também estará presente, se intrometerá:

– Ela não aceita. Eu falo por você, Clara. Ela não aceita.

– Prefere o processo? A acusação de roubo? – questionará Fabiana.

– Pode ir pra cadeia, Clara – ameaçará Renato.

Patrick não cederá e o casal resolverá ir embora. O advogado, então, explicará para Clara o motivo pelo qual recusou a oferta:

– Um acordo extrajudicial pode ser contestado. Ela poderia pegar os cem milhões
e depois exigir mais. Tirar cada centavo que você tem. Conheço minha prima. E também já conheço o Renato. Pior. Ele tem vontade de se vingar de você. Com acordo ou sem acordo, vai acusá-la de roubo.

Num outro dia, Renato e Fabiana aparecerão conversando com um advogado.

– Minha mulher quer acusar a Clara de roubo de três telas, de mestres da pintura, que ela
vendeu no exterior.

– É isso, sim. Quero que bote a Clara na cadeia – afirmará Fabiana, que relatará tudo ao profissional.

– Temos uma excelente causa – observará o homem.

– Quais são minhas possibilidades? – perguntará a moça.

– Todas. Pelo que entendi, sua avó doou as telas para a Clara quando estava interditada.

Renato dirá ainda que deseja acusar a milionária de roubo.

– O senhor acredita que recupera o dinheiro e bota a Clara na cadeia?

– Sem sombra de dúvida. Eu conduzo o processo sem cobrar um centavo. Mas, como pagamento, acredito que faça jus a uma parte do dinheiro recuperado.

Fonte: O Globo


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

-2
1.5k compartilha, -2 ponto

Deixei seu comentário

Mais sobre: Entretenimento