O Outro Lado do Paraíso: Renato manda Laura cometer crime e ameaça demiti-la


Renato (Rafael Cardoso) mandará Laura (Bella Piero) falsificar exame de DNA no laboratório

Laura (Bella Piero) superará o trauma dos abusos de Vinicius (Flavio Tolezani) e começará a trabalhar no laboratório do hospital de O Outro Lado do Paraíso. E uma de suas primeiras missões no novo emprego será cometer um crime. Renato (Rafael Cardoso) a mandará falsificar o resultado de um teste de DNA para provar que Aura (Tainá Muller) é irmã de Clara (Bianca Bin). O chefe ameaçará a funcionária: “Ou o teste dá positivo ou perde o emprego”.

Laura ainda estará nos primeiros dias de trabalho quando será chamada por Renato para uma conversa em particular.

“Eu já estou fazendo a maior parte dos testes de DNA. Com supervisão”, falará ela. “Excelente. Cê vai receber um teste de DNA pra analisar. De pessoas que cê conhece. Pra provar que a Aura… É irmã da Clara. O teste de DNA vai provar”, dirá o vilão.

Laura responderá que se dedicará ao teste com a maior atenção, mas Renato explicará que ela não entendeu bem o que deve ser feito. “Eu disse que o teste de DNA vai provar o que a Aura quer. Laura, como subdiretor do hospital… Teu chefe… Fui eu que te arrumei esse emprego, lembra?”, observará o médico.

“O resultado tem que ser esse que eu disse. Tem que dar positivo”, ordenará ele. “Mas… E se não der?”, responderá a jovem, confusa. “Laura, é uma ordem. O resultado do teste tem que positivo. Entendeu? Ou o teste dá positivo ou perde o emprego”, ameaçará.

Laura deixará a conversa desnorteada, sem saber o que fazer. Ela encontrará Rafael (Igor Angelkorte) no corredor do hospital e dividirá com ele sua angústia sobre o pedido de Renato.

No mesmo capítulo, Clara e Aura participarão de uma audiência judicial, e o resultado do teste de DNA será lido pelo juiz: “O resultado do exame de DNA é negativo. As senhoras não são filhas do mesmo pai, absolutamente”.

Sophia (Marieta Severo) ficará irada com o fim da farsa de Aura e tirará satisfações com Renato.

“O quê? Não, tava tudo certo. Eu dei ordens expressas pra…”, comentará o médico, que será interrompido pela vilã. “Seja pra quem foi que deu ordens, não foi obedecido. E me prejudicou muito. Agora, trate de cumprir tua outra promessa. Tire todo o dinheiro da Clara”, decretará.

O médico irá atrás de Laura, que se justificará: “Sou amiga da Clara, sim, e jamais faria nada contra ela. Me ajudou muito na vida. Mas, principalmente, eu não ia falsificar um teste de DNA. Eu tenho uma carreira inteira pela frente, mal tou começando. Não vou vender o resultado de um teste!”.

Renato dirá que ela está demitida, mas Samuel (Eriberto Leão), diretor do hospital, não permitirá que ele faça isso.

“Eu não autorizo a demissão da Laura. Você diz que foi um pedido da Sophia? Sei o quanto ela pode ser… Insistente. Vou deixar passar, Renato, só desta vez, porque tem sido eficiente. Mas como diretor deste hospital, eu o proíbo de demitir qualquer pessoa”, falará o médico. As cenas irão ao ar no próximo dia 29.

Fonte: UOL


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

-5
2.3k compartilha, -5 ponto

Deixei seu comentário

Mais sobre: Entretenimento