A Poderosa Mulher dos 30!


Mulher dos 30

A “mulher de 30“, como muitos chamam, é diferente. A mulher acabou de sair da juventude, de uma fase cheia de descobertas novas e fascinantes experiências.

Não que depois dos 30 não tenhamos novas experiências, mas a perspectiva é outra.
Quando eu era uma adolescente, sempre que me imaginava adulta, pensava nos meus 30 anos. Criei por muito tempo toda uma expectativa em relação à maioridade, ou seja, aos 18 e em como seria bom viver essa fase.

Mas eram os 30 anos que me enchiam os olhos e hoje finalmente posso dizer que estava certa. Digamos que a “cabeça” e o coração de uma “mulher de 30” vibra em outra frequência e é justamente sobre isso que vamos falar.

O que a Mulher de 30 tem de diferente?

As balzaquianas, como chamava Honoré de Balzac, tem atrativos irresistíveis. Enquanto a mulher nos seus 20 anos possui inexperiência e muitas ilusões, a mulher de 30 traz consigo uma bagagem que a faz ter uma visão mais ampla da vida.

É quando começa a ver as coisas por ângulos mais abrangentes e, enquanto ainda conserva o frescor por ter acabado de sair dos 20 anos, já vislumbra a maturidade e excelência que as mulheres de 40 possui. É uma fase mágica.

Dentre algumas características emocionais da mulher de 30, podemos citar:

Sabe valorizar os relacionamentos importantes

Seja no âmbito familiar, social ou amoroso, a mulher nos seus 30 anos sabe que nenhum relacionamento é tempo perdido. E aqueles que mais importam devem ser reforçados e mantidos, como o relacionamento com os pais.
Na adolescente e em alguns anos da juventude muitas mulheres se afastam da família e isso é até natural. Mas é nos 30 anos que esse vínculo volta a ganhar força como resultado de uma maior percepção do que é importante e sólido na vida.

Deixa de se preocupar com o que os outros pensam

Se por acaso você está nos seus 30 anos e ainda se preocupa demais com que os outros pensam, reveja sua vida. A maioria das mulheres nesta fase ganha uma maior segurança sobre si mesmo. Não apenas no que se refere às outras pessoas, mas também a seu corpo, suas escolhas amorosas e profissionais.

É comum ver mulheres aos 30 anos saindo finalmente de casa, fazendo viagens incríveis, inciando uma carreira de sucesso ou simplesmente decidindo passar sua vida ao lado de alguém. Não importa de fato o que ela decide fazer, mas ela faz com segurança e por vontade própria sem se preocupar tanto com o que o resto do mundo pensa.
São mais responsáveis

É a fase em que se adquire mais responsabilidade diante da vida. Em casa, no trabalho, na vida social. A mulher de 30 também tem mais consciência dos seus atos e entende que toda ação tem uma reação. Sendo assim, mede suas decisões e pensa antes de agir.

Mas nem por isso deixa de viver seus sonhos e seus desejos. A diferença é que ela cuida para que a realização desses sonhos não traga consequências desastrosas. É uma mulher mais segura.

Há muito o que falar de uma balzaquiana, afinal, são muitos os mistérios que envolvem essa mulher. Além disso, cada uma é um mundo e seria pretensão minha esmiuçar a personalidade dessa incrível mulher.

Mas fica muito claro que nós, mulheres nos seus incríveis 30 anos, sabemos exatamente o que a vida quer da gente e procuramos satisfazê-la com prazer. No amor somos mais seguras, nos amamos mais e por isso não baixamos a guarda para qualquer relacionamento.

Não basta ser bom, tem que ser maravilhoso. Não precisa ser eterno, mas tem que ser verdadeiro. E se ela não encontra algo no mínimo incrível, não tem problema em ficar sozinha e ainda assim continuar maravilhosa.

“Mas o que mais me encanta nas mulheres de 30 é a independência. Moram sozinhas e suas casas têm ainda um frescor das de 20 e a maturidade das de 40. Adoram flores e um cachorrinho pequeno. Curtem janelas abertas. Elas sabem escolher um travesseiro. E amam quem querem, à hora que querem e onde querem. E o mais importante: do jeito que desejam.” (Mário Prata)

Fonte: Osegredo


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

-2
1.9k compartilha, -2 ponto

Deixei seu comentário

Mais sobre: Viagens